Dicas de Reiki, Expansão da Consciência, Terapia Reiki

O que é ser um Mestre de Reiki?

A definição de um Mestre de Reiki é qualquer pessoa que recebeu as sintonizações de Mestre e o símbolo do Mestre e que entende claramente como fazer todas as sintonizações. Para ser considerado um Mestre, é necessário ensinar Reiki a pelo menos uma pessoa. Todos aqueles que receberam o treinamento de Mestre, mas nunca ensinaram, são considerados Mestres de Reiki Praticantes até que eles comecem a ensinar.

Reiki é uma prática sagrada que requer reverência e grande respeito se quisermos experimentar todo o seu valor. Os benefícios do Reiki são abrangentes, não somente nos dando a habilidade de curarmos, o que para nós é absolutamente magnifico, mas também trazendo orientações para as nossas vidas.

O Treinamento de Mestre é um passo sério:

  • requer uma definitiva preparação
  • a prática é absolutamente necessária
  • a experiência com a energia e com os simbolos é fundamental
  • é necessário meditar sobre os propósitos da vida
  • é necessário estudar sempre

Para torna-se um Mestre, é fundamental:

  • habilidade para sintonizar outras pessoas
  • encontrar tempo para que seus alunos aprendam
  • assegurar-se que eles praticaram as sintonizações
  • não se importar se seu aluno for melhor do que você; seja grato por isso
  • praticar as meditações, estudar, anotar, para melhorar sua aula sempre
  • tratar os alunos com respeito e gratidão
  • nunca usar meios que tornem seus alunos dependentes de você
  • estimular seus alunos a se conectaram com seu próprio poder e livre-arbítrio
  • enriqueça pessoas, pois assim você enriquece
  • ser um bom exemplo e um representante autentico da energia Reiki
  • desenvolver e expressar qualidades como compaixão, amor, sabedoria, justiça, cooperação, humildade, persistência, bondade, coragem, força e abundância.

O Reiki é tudo isso e mais!


Texto de Swami Paatra Shankara

O que são Chakras?

Chakras secundários

Embora o título sugira uma função subordinada, os Chakras secundários são tão importantes quanto os Chakras principais. A única diferença é que eles não estão apenas alinhados ao longo da cabeça ou da coluna vertebral, mas também são encontrados em diferentes pontos do nosso corpo e da nossa Aura. Além disso, existem Chakras que agem cerca de 20 cemtímetros acima da cabeça e abaixo dos pés, nas camadas da aura externa, cerca de 20 centímetros abaixo do chão.

Há um número indeterminado de Chakras secundários no corpo humano. A literatura Hindu enumera cerca de 88 mil Chakras ao todo. Só nas palmas das mãos temos cerca de 35 em cada.

Os Chakras secundários dependem dos Chakras principais, o mesmo é dizer que se um Chacra principal estiver desequilibrado, os seus Chacras secundários correspondentes também estarão em desequilíbrio.

É importante ressaltar que tantos os Chakras principais como os Chakras secundários regulam o fluxo de energia responsável para manter o equilíbrio entre o espírito e o corpo físico de um indivíduo.

Portanto, para se manter saudável em todos os níveis, ou seja, no nível físico, mental, emocional e espiritual, todos os Chakras tem que estar bem harmonizados.

A seguir, alguns dos Chakras secundários mais importantes na terapia Reiki.


Os Chakras das Mãos

Os centros de energia das mãos estão conectados ao Chakra do coração. São pontos de entrada e saída de energia. Estão localizados principalmente nas extremidades do dedo e nas palmas das mãos.

Os Chakras dos Cotovelos

Os cotovelos têm a ver com a nossa capacidade de relacionamento e mobilidade. Estes centros de energia se bem harmonizados são capazes de impor limites e de nos defender. Está muito relacionado ao engajamento perante a vida.

Os Chakras dos Joelhos

Estes pequenos Chakras tem como função transformar ou regular a quantidade de energia que deve entrar no corpo. Ele lida com o aprendizado e os ensinamentos. Uma das suas características marcantes é a flexibilidade em lidar com grandes quantidades de energia.

Os Chakras dos Tornozelos

Os Chakras dos tornozelos ajudam a nos manter flexíveis e maleáveis durante as mudanças na vida.  Ele também atuam na capacidade de sermos versáteis nas formas de como ganhar o nosso sustento.

Os Chakras das Solas dos Pés

Estão relacionados ao aterramento, às questões terrenas, ao planeta Terra. Ele promove o apoio para que você possa se levantar e viver os seus propósitos na vida. É comum não darmos tanto valor ou atenção para nossos pés, mas são eles que nos dão o suporte que precisamos, que nos carregam e nos movimentam. Os Chakras dos pés promovem nossa estabilidade em geral.

 

Quanto mais Reiki melhor
Dicas de Reiki

5 passos para você fazer sua caixinha Reiki

5 passos para você fazer sua caixinha Reiki

A caixinha Reiki é uma excelente técnica para aplicar Reiki a distância. Existe também a técnica do caderno, mas eu particularmente gosto mais da caixinha Reiki.

Nela colocamos os nomes das pessoas que desejam receber a energia vital a distância. Quanto mais informações tivermos sobre a pessoa, melhor. Como por exemplo, nome completo, data de nascimento e a razão pela qual ela necessita uma aplicação de Reiki.

A seguir, os 5 passos para você fazer a sua caixinha Reiki:

  1. Escolha uma caixa de papelão ou madeira de sua preferência.
  1. Desenhe os 3 seguintes símbolos em 2 folhas de papel; “Cho Ku Rei”, “Hon Sha Ze Sho Nen” e “Sei Heiki”, cada qual com o seu respectivo mantra três vezes.
  1. Uma folha, com os três símbolos, será colada no fundo da caixa, outra folha, também com os 3 símbolos será colada na tampa.
  1. Coloque o nome completo e data de nascimento das pessoas que desejam receber o Reiki (fotos, objetos pessoais ou mesmo o motivo da aplicação podem ser opcionais).
  1. Feche a caixa e desenhe mentalmente o “Cho Ku Rei” na tampa. Em seguida, ative os símbolos e permaneça com a mão por 5 minutos enviando a energia vital.

É bom lembrar que para fazer a técnica de aplicação de Reiki a distância, você precisa ter concluído o nível 2 de Reiki.

caixinha_reiki

Aqueles que se tornam terapeutas holísticos não o fazem pela insistência alheia, mas por um arrebatamento de amor divino.