E se você parar de procurar o errado em você?

Foto por Pixabay em Pexels.com

Ouvi essa pergunta pela primeira vez fazendo um curso de Access Consciousness. ™  Até hoje não sei descrever em palavras como me senti ouvindo isso, talvez fosse uma mistura de muitas coisas que fazem parte da educação dessa realidade na qual vivemos. Ao mesmo tempo, um sentimento de estranheza e expansão. Uma curiosidade e esperança de possibilidades aonde dentro desse lugar “desconhecido” dentro de mim pudesse existir o que vale a pena e mais leve.

Pare por um tempo e apenas reflita comigo. Sem julgamentos ok?

O quanto de energia você gasta diariamente procurando o “seu errado”, o que não está funcionado, aonde você falhou, o que fez de errado dessa vez, porque de tanta frustração etc…etc..

Eu já trabalhei em empresas e quando algo dava errado, vinha o chefe e perguntava: Quem fez isso? E sempre pensava, não seria mais fácil “consertar” isso ?

Durante o tempo em que você faz isso, está muito ocupado para o que vale a pena!

Se você não se identificou com isso, maravilha, fico feliz que realmente isso seja para algumas pessoas! Mas a maior parte de nós não fomos educados dessa forma. Punição, exclusão, e a frase: O que você fez? Podem ser incluídas aqui.

Nós envelhecemos, mas às vezes esse sentimento que vem dessas situações infantis, se não trabalhados, não amadurecem, ficam apenas escondido. Em outra situação, podemos falar melhor sobre isso.

A proposta para esse texto é essa: O quanto você poderia estar criando para sua vida com essa energia de procurar o errado, se passar a direcionar isso para aceitar e acolher o magnífico que habita em você?

E se você aceitar esse convite que estou fazendo através dessas palavras e apenas sentir o seu grandioso que habita em você? Agora pode ser o momento de ser mais gentil consigo mesmo.

Você pode fechar os seus olhos por alguns segundos e reconhecer a grandeza que você É, mas nunca soube ou nunca aceitou. Sinta essa energia amorosa ao seu redor, e por algum momento um calor saindo de seu coração, e envolvendo todo o seu corpo.

Desejo que a partir de agora você possa somente gastar sua energia preciosa de SER INFINITO, com o que vale a pena, para procurar seus tesouros secretos e brincar com isso.

Anna Maria Brandão

2 respostas para ‘E se você parar de procurar o errado em você?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s